NOTÍCIAS

29/07/2011 | Gastronomia

Cozinha árabe com toque do cerrado

O chef Isaac Elias trouxe para o I Encontro de Culturas Gastronômicas sua receita de arroz árabe com pequi

por Vanessa Martins


Chef Isaac Elias dá dicas sobre culinária e ministra oficnia de gastronomia árabe com fruto do cerrado Foto: Anne Vilela

O I Encontro de Culturas Gastronômicas da Chapada dos Veadeiros trouxe, para ministrar a oficina do dia 28, o chef Isaac Elias, com uma receita de arroz árabe com pequi. “Esse arroz árabe é uma receita bastante completa e, para o evento, eu adicionei elementos do cerrado: o pequi e a castanha de baru”, conta o chef.

Isaac trabalha com culinária árabe em seu restaurante e explica que, nesse tipo de gastronomia, se usa bastante tempero. “A cozinha árabe é, principalmente, muito perfumada, são muitos cheiros diferentes e marcantes que vem das especiarias e caracterizam a cozinha árabe”, explica o descendente de sírios e libaneses. Ele conta ainda que, tudo na cultura árabe traz bastante significado. Segundo ele, esse prato era feito em ocasiões especiais para homenagear pessoas importantes, por ser muito completo, levando carnes e castanhas.

Enquanto cozinhava o arroz, Isaac respondeu a inúmeras perguntas dos participantes sobre a culinária árabe, sua especialidade. Com muita espontaneidade e bom humor o chef deu dicas sobre como deixar a manteiga de leite com mais sabor. “Você deixa ela em fogo baixo e espera que a água evapore e o sal desça. Quando ela estiver quase rosada pode desligar o fogo e esperar que ela decante. Depois você tira só a parte da manteiga mesmo, deixando o sal”, explica o chef.

Para aqueles que não comiam carne o chef fez um prato a parte. Esperando o cozimento do arroz, Issac mostrou um outro dom, a música. Em um violão ele tocou algumas composições próprias e também atendeu a pedidos, como as músicas Romaria e Comitiva Esperança.

O prato tinha um sabor realmente diferente. O doce das uvas passas contrastava com o sal da carne e do frango, trazendo um sabor exótico ao prato, enquanto as nozes e a castanha traziam uma textura diferenciada. Quando todos terminaram a degustação, puderam curtir uma moda de viola tocada pelo chef, que assim, encerrou a oficina De Papo pro Ar.

Arroz árabe com pequi, do chef Isaac Elias. Foto: Anne Vilela


Receita:

Ingredientes
1kg Arroz parborizado
1kg Patinho
1kg e 200g Frango
200g Nozes
250g Castanha de caju
200g Uva passa preta
200g Uva passa branca
100g Semente de baru
10 Pequis


Modo de Fazer
Para fazer o prato com carne é preciso prepará-la separadamente, antes de fazer o arroz, mas a opção vegetariana também existe, bastando não acrescentar a carne. Primeiramente refoga-se o patinho, temperando com pimenta do reino e canela. Do frango, foram usados o peito e a sobrecoxa refogados na manteiga com pasta de alho e cebola. Depois é preciso separar o caldo, que será usado no arroz, e desfiar o frango.

Para fazer o arroz, primeiro é preciso refogar o pequi com manteiga e pasta de alho para depois adicionar o arroz parborizado, deixando que ele refogue. Na sequência, coloque o caldo de frango e um pouco de água, para cozinhar, adicionando sal a gosto.  Quando estiver bem cozido desligue o fogo e deixe descansar por alguns minutos, enquanto esquenta a carne moída e o frango desfiado.

Para montar o prato use uma vasilha retangular, bem funda, para colocar os ingredientes separados em camadas, na seguinte ordem: arroz, frango, carne, uva passa, nozes e castanha de caju. Na última camada jogue a semente de baru e misture cuidadosamente. Depois disso o prato está pronto, podendo ser servido para 25 pessoas.


Mamour Ba e Elhadji Ba, 2009. Foto: Vivian Scaggiante

#ENCONTRODECULTURAS



Desenvolvido por CarlosFilho.com2004 - 2011. Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. Um projeto da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge e Asjor.

Fotos e matérias podem ser distribuídas desde que citados os créditos da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge e do fotógrafo.