Apresentação do Encontro Veja a programação do Encontro Conheça os artistas Confira as Rodas de Prosa Feira de Oportunidades Sustentáveis Oficinas ministradas durante o Encontro Mostra de Cinema Petrobras Diário de São Jorge Material para imprensa Ficha Técnica do Encontro Entre em contato
 

26/07/2007 12:33
Catira de São João D'Aliança
Palmas e sapateados

por Arthur Porto , da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge

Foi em uma cidadezinha do interior que cerca de 60 pessoas resolveram se reunir para brincar. A idéia principal era fortalecer a tradição da catira, dança tradicional do interior goiano, dançada com palmas e sapateados. O grupo se manteve unido graças às folias de devoção ao Divino Espírito Santo e ao padroeiro São João Batista. E dessa idéia surgiram, então, os Catireiros de São João D´Aliança.

Para registrar mais uma vez essa história e mostrar ao público a dança típica do universo cultural da região Centro-Oeste, os catireiros subiram ao palco da sétima edição do Encontro de Culturas Tradicionais na noite de quarta-feira, 25 de julho. "É sempre bom fazer parte deste evento. Pena que aqui nós só podemos fazer uma breve apresentação. Na nossa cidade, viramos o dia todo dançando a catira", contou Francisco Crisostomo, animador e cantor do grupo.

O uniforme dos catireiros chamou atenção do público. Segundo Francisco Romualdo, coordenador do grupo, o uniforme chamativo demonstra o significado de uma folia cuja cor varia de acordo com o santo de devoção. O lenço no pescoço é uma marca religiosa que todos carregam como um compromisso de respeito e fé.

Nas canções, destaque para o município de Colinas do Sul, a vila de São Jorge e o cerrado da Chapada dos Veadeiros. "As letras das músicas surgem de nossos corações. Vem da nossa natureza. E o repertório é escolhido na hora. Tudo depende do público", explicou Crisostomo.

A reação do público não foi surpresa. Os olhos entregavam o que cada um achou da apresentação. "Eu gostei, muito animado. É a minha primeira vez no evento e achei muito interessante os músicos interagirem com o público", afirmou Lilá Guimarães, cientista ambiental do Rio de Janeiro.

Foi com as palmas e os sapateados que o grupo de catira de São João D´Aliança apresentou ao público a história de uma tradição. Os dois cantores se despedem com alegria dos presentes. "E para vocês deixo um abraço e um aperto de mão", finalizam com acenos.

enviar por e-mail | imprimir
topo da página | mais notícias

26/05/2009 - IX Encontro de Culturas
Vem aí o IX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

02/08/2008 - Encontro
Zambiapunga e Turma que Faz celebram o fim do VIII Encontro de Culturas Tradicionais

02/08/2008 - Arcoverde na Chapada
"É só tocar um pouco de Fogo que a explosão ocorre”

01/08/2008 - Entrevista
“Incelente Maravilha”

01/08/2008 - Show
Música caipira faz as honras da casa



Djalma Correa – Sons repercussivos


Programe agora sua viagem para São Jorge. Encontre as pousadas, campings e restaurantes da Vila.