Apresentação do Encontro Veja a programação do Encontro Conheça os artistas Confira as Rodas de Prosa Feira de Oportunidades Sustentáveis Oficinas ministradas durante o Encontro Mostra de Cinema Petrobras Diário de São Jorge Material para imprensa Ficha Técnica do Encontro Entre em contato
 

25/07/2007 23:14
Dércio Marques
Viola de coração

por Arthur Porto, da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge

Sentado no palco, iluminado pela meia-luz do início de sua apresentação, Dércio Marques afinava a viola, sob os olhares atentos e a expectativa do público. Com uma forte presença de palco e sua inconfundível cabeleira branca, o violeiro de Minas Gerais trouxe à Chapada dos Veadeiros um show cheio de poesia, na noite de 24 de julho.

Menino vem brincar no mar,
O mar vem lavar pé de menino.

A música O menino e o mar, de João Ba, foi o início do show. O público, como um coral ensaiado, acompanhava as letras das músicas que versavam sobre o amor, a vida e a natureza. "Isso me faz feliz. Nosso trabalho fica melhor quando as pessoas demonstram interesse. É esse o lado teatral da música", explicou o artista.

Dércio cantou a maioria das músicas de olhos fechados. "Às vezes acho que estou sonhando. O inconsciente e o consciente andam juntos", declarou. Segundo ele, esse processo o ajuda a sentir a música com o coração.

Preocupado com o Cerrado e com o aquecimento global, Dércio Marques cantou uma música em homenagem aos ipês, árvores que florescem na primavera e são notáveis por sua beleza. Em seguida, no tradicional hino do folclore mineiro Cálix Bento, ele teve a ajuda da irmã Doroty Marques, que subiu ao palco sem avisar e seguiu o ritmo da viola com um tambor de madeira. "Desde meninos tocamos juntos. É sempre assim. Sempre que posso participo de suas apresentações. Não faço mais do que minha obrigação", brincou Doroty, com um sorriso estampado no rosto.

Para continuar as participações especiais, Dércio convidou os Embaixadores da Lua, mestres de cerimônia do evento, para fazerem parte da festa. "Estamos orgulhosos de ter participado. Dércio e Doroty são as estrelas que nos guiam musicalmente", ressaltou Josino, um dos Embaixadores.

Sempre conversando com o público, marca registrada de suas apresentações, Dércio deu uma aula sobre o valor da música popular brasileira, e se despediu com um beijo carinhoso e uma bênção especial: "Se a natureza abençoa, todos vocês estão abençoados".

enviar por e-mail | imprimir
topo da página | mais notícias

26/05/2009 - IX Encontro de Culturas
Vem aí o IX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

02/08/2008 - Encontro
Zambiapunga e Turma que Faz celebram o fim do VIII Encontro de Culturas Tradicionais

02/08/2008 - Arcoverde na Chapada
"É só tocar um pouco de Fogo que a explosão ocorre”

01/08/2008 - Entrevista
“Incelente Maravilha”

01/08/2008 - Show
Música caipira faz as honras da casa



Depois de mais de 500 anos, quem são eles?


Programe agora sua viagem para São Jorge. Encontre as pousadas, campings e restaurantes da Vila.