Apresentação do Encontro Veja a programação do Encontro Conheça os artistas Confira as Rodas de Prosa Feira de Oportunidades Sustentáveis Oficinas ministradas durante o Encontro Mostra de Cinema Petrobras Diário de São Jorge Material para imprensa Ficha Técnica do Encontro Entre em contato
 

21/07/2007 21:40
Abertura do VII Encontro
Começa a festa

por Alessandra Alves, da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge

"A partir de agora está no ar, a Rádio Difusora RD". Assim teve início o VII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. O céu estrelado, abrigava uma sorridente lua crescente, que compunha o visual iluminando o palco montado a céu aberto na Vila de São Jorge.

Josino Medina e Paulin Amorim, os Embaixadores da Lua (MG) são os apresentadores da noite, com sua rádio recheada de poesia e música. "Temos hoje aqui, a viola de Roberto Corrêa, o canto dos índios Krahô e uma receita de pão caseiro", anunciavam ao som caipira da viola. Enquanto isso, os moradores, turistas e integrantes de outros grupos de cultura tradicional participantes do evento iam se achegando.

A dupla finaliza a apresentação da rádio com a música tema dos Embaixadores da Lua.

"Eu vou para a lua ver a lua
A lua da lua é a terra
E a terra da lua é a lua"

É a vez do coordenador geral do projeto, Juliano Basso, subir ao palco. Sua missão é dar as boas vindas ao público, agradecer a presença de todos, aos patrocinadores e apoiadores que possibilitaram a realização do evento.

Marcelo Scaranari

Juliano Basso: boas vindas ao público que prestigia o evento

Dança Koiré

Na locução da rádio, começa uma introdução sobre o povo Krahô, os primeiros artistas da noite. "Com vocês, a história da machadinha Krahô", proclamam os Embaixadores. Sob muitos aplausos sobem ao palco doze índios com seu canto Koiré. Visivelmente orgulhosos, e ornamentados com capricho, iniciam a apresentação que agrega desde bebês Krahô até respeitados anciões.

Marcelo Scaranari

Dança Koiré no palco: ornamentos e orgulho

De repente, um convite ao público. Ao microfone, um dos índios explica que será feita "uma demonstração de como é que o mundo gira". Enfileirados, os Krahô descem do palco e vão formando um grande círculo. Imediatamente o povo se aproxima e a ansiedade por interação é evidente. Amigos, desconhecidos, crianças, adultos e índios giravam de mãos dadas ou abraçados em uma grande sintonia. Para encerrar sua participação nesta primeira noite, os Krahô convidam a todos para visitarem a Aldeia Indígena Multi-étnica, montada especialmente para o VII Encontro de Culturas e que reúne dez etnias indígenas de várias regiões do país.

Marcelo Scaranari

Público e Krahô celebram a dança Koiré juntos

A Folia

Religiosidade e fé invadem o ambiente. Para a entrada da Folia de Colinas do Sul, dois adornos especiais: o arco da aliança, enfeitado com folhas de bananeira, e o cruzeiro, uma cruz enfeitada com velas. Da rádio vem o anúncio:

"E agora a Folia,
E agora a bandeira do Divino e de Nossa Senhora do Rosário" 

Marcelo Scaranari

Fé e tradição: O Divino e Nossa Senhora, representados pelas bandeiras branca e vermelha

O momento é solene. Ao som da caixa, a folia se dirige para o cruzeiro. Posicionados em duas colunas que trazem à frente as bandeiras do Divino Espírito Santo e de Nossa Senhora do Rosário, eles se benzem e dão início à cantoria.

Vestidos de vermelho e branco, as cores dos santos padroeiros, os foliões abençoam a festa, girando as bandeiras e se preparam para atravessar o arco. Enquanto isso, uma mesa era preparada com velas, uma imagem do Divino, de Nossa Senhora e de São Jorge.

Marcelo Scaranari

O altar preparado com as imagens sagradas e velas

No palco a cantoria prossegue. Novamente todos se benzem e começa a apresentação de uma dança tradicional da região: a carolina. Nesse momento, os chapéus são peça importante, complementando a caracterização. Tocando seus pandeiros, os integrantes sapateiam e se movimentam levantando poeira e o público, que se despede com uma grande salva de palmas.

Marcelo Scaranari

Detalhe da Carolina, dança tradicional da região da Chapada dos Veadeiros

Mais uma participação dos Embaixadores da Lua. Dessa vez eles apresentam o violeiro e pesquisador Roberto Corrêa. A proposta é de uma aula-espetáculo com o tema O Divino e a Música Caipira.

Ponteados (solos de viola), clássicos da música caipira como Tristeza do Jeca, modinhas e rasqueados são entremeados por explicações sobre a origem musical dos ritmos, histórias de composições e peculiaridades dos diferentes tipos de viola. O músico fez questão de lembrar a todos que no dia 28 julho, durante o evento, será lançado o CD produzido a partir do registro dos grupos que se apresentaram no VI Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, em 2006.

Marcelo Scaranari

Roberto Corrêa em sua aula-espetáculo

Fechando a noite, a simpatia e musicalidade de origem africana. Fanta Konatê encantou o público com a música e a dança tradicional da República da Guiné. Acompanhada por Petit Mamady Keita e Luiz Kinugawa, a cantora e bailarina mostrou a energia e a força das danças da Guiné.

Marcelo Scaranari

Fanta Kanotê mostrou um pouco da cultura tradicional da República da Guiné

O final do show foi "apoteótico".  Respondendo aos pedidos de bis, o grupo lançou o desafio. "Só com uma condição. Se vocês dançarem junto". A frase foi o suficiente para que várias pessoas se animassem e subissem ao palco em mais um momento de interação proporcionado pelo Encontro.

Marcelo Scaranari

A dança da guineana empolgou o público de São Jorge

Fim de noite. Apagam-se as luzes do palco. O público se dispersa, e fica a expectativa da programação do próximo dia. É hora de dormir, mas com a certeza de mais festa pela frente.

enviar por e-mail | imprimir
topo da página | mais notícias

26/05/2009 - IX Encontro de Culturas
Vem aí o IX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

02/08/2008 - Encontro
Zambiapunga e Turma que Faz celebram o fim do VIII Encontro de Culturas Tradicionais

02/08/2008 - Arcoverde na Chapada
"É só tocar um pouco de Fogo que a explosão ocorre”

01/08/2008 - Entrevista
“Incelente Maravilha”

01/08/2008 - Show
Música caipira faz as honras da casa



Para encantar os olhos e preencher a alma


Programe agora sua viagem para São Jorge. Encontre as pousadas, campings e restaurantes da Vila.